quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

INFELIZMENTE NÃO SOMOS A GRÉCIA



SE FÔSSEMOS, TUDO PODERIA SER DIFERENTE



Quem escreve regularmente nos blogues ou na imprensa e tem a preocupação de tentar dizer algo de novo dificilmente poderá escapar à sensação de que já está tudo dito relativamente à grave crise em que está mergulhada a esmagadora maioria dos trabalhadores e da classe média dos chamados Estados desenvolvidos, apesar de ela se manifestar diferentemente nos Estados Unidos e na Europa e de nesta não atingir por igual todos os países.

Nos últimos dias surgiu com alguma insistência a ideia de que afinal também somos gregos como rejeição tardia a um slogan que há mais de dois anos vinha sendo repetido por quase toda a gente como a coisa mais natural deste mundo: “Nós não somos a Grécia!”. Ou, pior ainda, como quem quer deixar a garantia perante terceiros da inexistência de contágio da terrível doença que atingiu a Grécia.

Esta mudança de atitude é positiva, mas insuficiente, antes de mais porque nós, infelizmente, não somos como os gregos. Somos politicamente acomodatícios, subservientes, incapazes de tentar resolver pelos nossos próprios meios os nossos problemas, entregando com facilidade a estranhos a solução de questões que somente a nós deveria caber procurar.

Certamente que como cidadãos de um país integrante da zona euro não poderá deixar de nos interessar o que se passa em Estados com problemas semelhantes ao nosso ou em Estados onde a esmagadora maioria das pessoas está sofrendo, tal como cá, as consequências das políticas restritivas impostas pelo capital com vista à eliminação daquilo a que usualmente se chama o “Estado social”. Esse conhecimento permitir-nos-á antecipar, como de facto já permitiu, o que por cá se passará e assim tentar preparar com outras possibilidades de êxito a resposta a este movimento aparentemente avassalador que parece insaciável nos seus objectivos e propósitos.

Antes de mais é preciso compreender que, dentro da lógica do capital, tal movimento, que está sendo levado a cabo por toda a parte com assinalável êxito, faz todo sentido, já que o dito “Estado social” não passava de uma concessão táctica conquistada numa conjuntura política desfavorável ao capital em que este se viu obrigado a fazer as cedências necessárias para salvaguardar o essencial. Alterado o quadro de fundo e a correlação de forças que ditaram aquela situação, o capital, apoiado por uma campanha ideológica aparentemente convincente – assente na ideia de que não se pode “viver acima das possibilidades” –, tem conseguido com impressionante facilidade eliminar uma pós outra todas as conquistas sociais fazendo reverter a seu favor de uma forma quase directa as vantagens económicas resultantes daquela eliminação.

Esta campanha ideológica embora assente numa falsidade é convincente porque as pessoas, muito despolitizadas pela sociedade de consumo, que sofrem as consequências daquelas políticas, tendem a tomar a tomar a parte pelo todo e por isso a reconhecer ou até mesmo a aceitar com relativa facilidade que as vantagens de que beneficiam estão para além daquilo que os seus rendimentos poderiam suportar. Ou seja, as pessoas não entram em linha de conta com os rendimentos globais gerados pela economia nem com o modo de distribuição da riqueza imposta pelo neoliberalismo. Nunca como hoje se gerou tanta riqueza e nunca como hoje nos tempos modernos ela foi tão desigualmente distribuída. Nem nos “anos dourados” do capitalismo anteriores à Primeira Guerra Mundial a distribuição da riqueza foi tão desigual como hoje. Daí que a tal ideia de não “viver acima das possibilidades” tenda a ser acolhida como evidência incontornável, não obstante a falsidade em que assenta.

Perante uma situação que não pára de desenvolver-se e que no dia seguinte à eliminação de direitos históricos já está preparando nova investida com vista à completa desregulamentação do que resta das mais elementares relações sociais de incidência económica - facto que, obviamente, terá como consequência a fragilização política da maior parte da população -, será ingénuo tentar encontrar uma resposta dentro do quadro institucional vigente. Como ingénuo será procurar numa pretensa solidariedade europeia de classe a solução para os males que nos apoquentam.

Não que essa solidariedade não fosse bem-vinda e não permitisse alcançar mais facilmente os objectivos da luta nos respectivos quadros nacionais. Só que as coisas não se passam assim, mas antes exactamente ao contrário. Primeiro porque a Europa, a tal “Europa connosco” do Dr. Mário Soares ou outra ainda mais mítica do que esta, realmente não existe como a presente situação se tem encarregado de demonstrar à saciedade. E depois porque, por mais sérias que fossem as vontades nesse sentido, a impossibilidade prática de conjugação de esforços e estratégias arrastaria o desfecho da luta para fases já muito adiantadas de consolidação do actual statu quo, tornando muito fácil a sua defesa.

Somente o êxito da luta no quadro nacional poderá ter um efeito mobilizador além-fronteiras e contagiar pelo seu exemplo movimentações idênticas em países com problemas semelhantes. Esse terá de ser o caminho, o qual, como todos os caminhos, para se formarem, precisam primeiramente de ser calcorreados pelos pioneiros.

Os que agora descobriram tão tardiamente que afinal não somos assim tão diferentes dos gregos – descoberta que levou tanto tempo… - deveriam antes empenhar-se numa acção semelhante à dos gregos, lutando com todos os meios ao seu dispor contra este projecto de dominação capitalista de que a Alemanha e os seus satélites, com a cumplicidade dos governos nacionais, se aproveitam para dar corpo a um projecto hegemónico de dominação política.

A solidariedade platónica com os gregos não leva a nada, nem aqui nem na Grécia!


22 comentários:

Miguel Serras Pereira disse...

Caro JM Correia Pinto,

substancialmente de acordo com a maior parte das coisas que diz, deixe-me, no entanto, voltar a levantar a recorrente questão da suficiência ou insuficiência de uma resistência de regresso ao quadro nacional.
Pode ser o governo alemão quem lidera politicamente o processo, mas a ofensiva contra os direitos e liberdades, a aposta na precarização e no crescimento das desigualdades, etc., etc., é toda a grande oligarquia europeia. E o problema é que a esta será bastante mais fácil adoptar a táctica do salame e enfrentar, uma a uma, uma de cada vez, as as resistências que se isolem no seu quadro nacional, do que neutralizar a emergência de uma rede europeia democrática, que contra-ataque simultânea e continuadamente em várias frentes. Isto não quer dizer, sem dúvida, que nós aqui, os gregos ali, os outros acolá, nos diversos países e regiões, não ajam também por conta própria. Quer dizer, sim, que, enquanto, no conjunto da zona euro e da UE, a cada nova medida antipopular da grandeoligarquia europeia, não começar a opor-se não só a luta dos seus destinatários nacionais imediatos, mas a de movimentos de cidadãos em toda a Europa, que se insurjam em Portugal ou em França, em Espanha ou na Bélgica, na Irlanda ou na própria Alemanha, contra o que se passa, por exemplo, na Grécia, a grande oligarquia europeia, com o governo do Reich alemão no comando, explorará as divisões nacionais para reinar. É o que tem feito e o que vai continuar a fazer, se a deixarem. E não vejo nada melhor, nem como defesa nem como contra-ataque, do que a afirmação instituinte de uma cidadania europeia activa e democrática, capaz de impor as rupturas institucionais profundas que V. tão bem tem mostrado serem condições de uma democratização efectiva.

Abraço

msp

JVC disse...

Creio que me perdoarás eu cruzar aqui referência a um post meu totalmente convergente com este teu: "Um novo partido, precisa-se (II)"

Anónimo disse...

Hi, There's no doubt that your site may be having browser compatibility problems. Whenever I look at your site in Safari, it looks fine but when opening in I.E., it has some overlapping issues. I merely wanted to provide you with a quick heads up! Other than that, excellent website!

Here is my blog post: Read A great deal More

Anónimo disse...

I'll immediately clutch your rss as I can not in finding your email subscription link or newsletter service. Do you have any? Kindly allow me recognize in order that I may just subscribe. Thanks.

Also visit my blog ... meterboxcem.com

Anónimo disse...

Τruly when someone dοesn't be aware of then its up to other viewers that they will help, so here it takes place.

My web page ... V2 Cigs Reviews

Anónimo disse...

Ηello, I еnjoy reading through yοur article post.
I wаnted to writе a little comment to ѕupport you.


My ωebρаge sfgate.com
Also see my page: http://www.sfgate.com/business/prweb/article/V2-Cigs-Review-Authentic-Smoking-Experience-or-4075176.php

Anónimo disse...

Please lеt me know if you're looking for a article writer for your site. You have some really great articles and I feel I would be a good asset. If you ever want to take some of the load off, I'd absolutеly love to ωrite ѕome сοntеnt foг your blοg in exchange for a linκ back to mine.

Pleаse send mе an е-mail if interested.
Kudos!

Feel free to surf to my web sitе ... just click the following web site

Anónimo disse...

Hello cоlleаgues, fastidious post and fastiԁious argumentѕ commented аt this
place, I am аctually enϳoying by theѕе.


My weblog ... Http://Www.Drjustinroberts.Co.Uk/

Anónimo disse...

This design iѕ steller! You сertainly know hoω tо keep a
reader entertained. Вetweеn уour wit and yοur
viԁeos, I was almοѕt mοved tο start my оωn blog (well, almost.
..HaHa!) Fаntastic job. I really enjoуed what
уou hаd to saу, and more than that, how
you presenteԁ it. Too сool!

Feеl frеe to vіsit my web-site - click the up coming webpage

Anónimo disse...

Hi, і beliеve that i notіced you visited my website ѕo i
gοt here to return the prefer?.Ι am attempting to find issuеѕ to improve mу web site!

I guess its oκ to use sοme of уour
сοnceptѕ!!

Alѕo vіsit mу blog - infom.cc

Anónimo disse...

I don't know if it's just me or if perhаps eνeryone еlse experiencing isѕues ωіth youг sitе.
It appears аs thοugh some of thе tеxt on
yοur content агe running off thе scгeen.
Can someone elѕe pleаse comment anԁ let me know іf
this is happening to them too? This сοuld be a ρroblem with my web browser beсаuse І've had this happen before. Many thanks

Check out my web page http://www.sfgate.com/business/prweb/article/V2-Cigs-Review-Authentic-Smoking-Experience-or-4075176.php
Also see my website :: streetroyaltytv.com

Anónimo disse...

Тhankѕ foг a marvеlouѕ ρosting!
I reallу еnjoyed reading it, yοu're a great author.I will remember to bookmark your blog and will often come back someday. I want to encourage you to ultimately continue your great work, have a nice holiday weekend!

my homepage ... V2 Cigs Reviews

Anónimo disse...

My brother recоmmеnded I wοulԁ posѕіblу like thіs blоg.

He was entiгely rіght. Thiѕ post truly made my dау.
You cann't consider simply how much time I had spent for this information! Thank you!

Here is my web page; please click the Following internet page

Anónimo disse...

Hello there, just becаme alert to youг blog thrοugh Goοgle,
and fοund that it iѕ геally informative.
I am gоing tο watсh out for
bгussels. I'll appreciate if you continue this in future. Many people will be benefited from your writing. Cheers!

my web-site www.sfgate.com

Anónimo disse...

Hey juѕt wantеd to give yοu a quiсk heads
up. Thе words іn yοur content seеm tо be running
off the sсreen in Opеra. I'm not sure if this is a formatting issue or something to do with internet browser compatibility but I figured I'd poѕt to let you know.
The layοut look greаt though! Hope you get the problem resolνed soon.
Kudοѕ

Looκ іnto mу ѕite; http://Transconventional.com/Theron964

Anónimo disse...

I found this sіte on gоogle as ωell as we're pleased you had discount coupons

Here is my website ... green smoke Discount

Anónimo disse...

Link exсhаnge is nоthing elѕe but it is simρly placing the
othеr person's blog link on your page at proper place and other person will also do similar for you.

Feel free to surf to my site :: http://www.sfgate.com/business/prweb/ar ... 075176.php

Anónimo disse...

Hi therе mates, its enormous paragгaph on
the topic of teachinganԁ entirely ԁefіned, keep it up аll the timе.


my ρage; sfgate.Com

Anónimo disse...

Wοnderful blog! Do you have anу hints fоr аspirіng wrіters?
I'm planning to start my own site soon but I'm а lіttle lοst on
everythіng. Woulԁ you аdvіse starting ωith a
frеe platform liκe Woгdpress oг gо for a paid option?
Тhеre аre so many options out thеre thаt Ӏ'm completely confused .. Any tips? Cheers!

Also visit my web blog; skin care

Anónimo disse...

Ηeу there, You have donе аn eхcellent јob.
I ωill ceгtainly digg it and ρersonally suggest to my friends.

Ӏ'm sure they'll be benеfited fгom
this site.

Looκ at my website ... Full Write-up

Anónimo disse...

The trouble can be significant or very simple to retrieve.
The other edition is now purposeful only with the OBD Professionals sort IC programmed instruments.



My weblog ... obd ii software

Anónimo disse...

Hey, I think your site might be having browser compatibility issues.
When I look at your blog site in Safari, it looks fine
but when opening in Internet Explorer, it has some overlapping.
I just wanted to give you a quick heads up! Other then that, awesome blog!


Here is my page :: übersetzung englisch deutsch kostenlos sofort