domingo, 24 de fevereiro de 2013

LIMITAÇÃO DE MANDATOS AUTÁRQUICOS



TENHAM VERGONHA, LARGUEM O PODER!

É lamentável que em Portugal se continue a desacreditar a política com pseudo interpretações de normas que expressamente proíbem a renovação sucessiva de mandatos dos presidentes dos órgãos executivos das autarquias locais. É lamentável que essa mesma classe política se predisponha através de falácias e da mais pura chicana política torpedear o sentido de uma lei claríssima com base em minudências que nada significam mas que estão sendo manhosamente usadas para abrir uma frecha por onde possam infiltrar-se para, em defesa de interesses inconfessáveis, tentar perpetuar no poder autárquico certos agentes seus. Aliás, o afinco voraz com que se pretendem introduzir por essa pequena frecha, onde manifestamente não cabem sem derrube da estrutura, só demonstra a imensa má fé com que já estavam quando, antes da frecha se abrir, tentavam entrar, arrombando a porta!

3 comentários:

menvp disse...

-> Anda por aí muita música para entreter otários: leia-se, conversas que visam perpetuar/eternizar a parolização de contribuinte... e... desviar a atenção de certos interesses instalados...
.
-> Ora, não existe interesse em estar a mudar de governo todos os "semestres" ('vira o disco e toca o mesmo')!... Leia-se: mudam os governantes... mas os lobbys mantêm a sua influência... e quando passarem a «ex-», os governantes, têm belos 'tachos' à sua espera.
-> De facto, interessa, isso sim, é os cidadãos estarem muito mais atentos à actuação dos governos...


-> A limitação do número de mandatos dos políticos é um álibi/truque para reivindicar reformas antecipadas!...
.
-> Os políticos não deverão ter o número de mandatos limitado... mas, em contrapartida, esses mandatos deverão estar sujeitos a uma muito maior vigilância/controlo por parte dos cidadãos...; e os políticos deverão ter uma idade de reforma igual à do regime geral! [blog «fim-da-cidadania-infantil»]
.

D., H disse...

Toda a gente está farta de saber que as clientelas (amigos, sócios, empreiteiros) estão muito para além do concelho ou da região, são apêndices que acabam por ir atrás. Sempre pensei que a limitação de mandatos teria a ver com esse contorno…

Anónimo disse...

I am helping some friends get their shop on the map and noticed. They have a web site. One of the ways in my research to optimize a web site is to use a blog. I am not blog savvy and neither are they so need a little help as to good sites to place there blog so that they get noticed..
[url=http://www.bonoforbet.com/]mas[/url]