terça-feira, 9 de abril de 2013

MARGARETH THATCHER


 
O PIOR DO SÉCULO XX

Ninguém no mundo político ocidental terá deixado no século XX uma herança tão pesada de consequências negativas como Margaret Thatcher. Teoricamente estribada no que de pior a Europa havia produzido antes, durante e imediatamente após a II Guerra Mundial no plano dos estudos económicos e guiada por um ódio feroz ao Estado de bem-estar, a acção política de Margaret Thatcher está na origem da destruição do pacto social saído daquele conflito.

O mundo que hoje temos de permanente destruição dos direitos sociais, tanto mais eficaz quanto mais fracos são economicamente os Estados, o afastamento do Estado de actividade económica com a consequente entrega ao capital privado dos meios de produção até então ao serviço da comunidade, a diabolização do sector público e a consequente eliminação da intervenção do Estado nos principais domínios da actividade social, negando-lhe ostensivamente o desempenho de um papel de equilíbrio e de equidade, como representante do interesse geral, na fixação impositiva dos critérios de distribuição da riqueza é o mundo que Margaret Thatcher nos deixou.

Ninguém no mundo político ocidental do século XX terá desempenhado um papel tão negativo para o futuro dos povos europeus como Margaret Thatcher. Nem mesmo Hitler. Hitler e os alemães cometeram crimes hediondos por toda a Europa, escravizaram povos, subjugaram nações, assassinaram milhões de pessoas, mas foram derrotados. E depois da derrota a Europa ficou incomparavelmente melhor, muito melhor. Como nunca estivera antes!

Depois de Thatcher e da sua acção vitoriosa, a Europa e o mundo ocidental ficaram pior, incomparavelmente pior.

Os herdeiros de Thatcher e de Reagan ainda não perceberam que estes seus ilustres “progenitores” são os coveiros do mundo ocidental. Pelas piores razões. Do mesmo modo que Thatcher e Reagan também nunca haviam percebido que capitalismo e socialismo não passavam, no mundo global, de uma contradição secundária no seio da civilização ocidental. Adam Smith e Marx são filhos do mesmo pai…

4 comentários:

Rogério Pereira disse...

Sobre o oxido de ferro chora esta Europa. Chora, com grande lata, sobre ferro enferrujado. Se tiver alma, que se mantenha inerte, calma...

Dama? Quem a poderá lembrar como tal?
Mas eu nunca entraria em tais comparações...

JM Correia Pinto disse...

As comparações referem-se exclusivamente às "heranças" e não às personalidades como é "evidentérrimo"!

Anónimo disse...

The Witch is dead.

carla santos torres disse...

esta "dama" juntamente com o reagan, trouxe-nos até onde estamos hoje!
mas o povo n acorda. n lê. n se informa. e mt pior... N PENSA