quinta-feira, 9 de setembro de 2010

THE POINT OF NO RETURN




SOBRE O CONFLITO ISRAELO-IRANIANO

Depois da sua “ressurreição”, Fidel Castro, sem se alhear da política interna, tem dedicado grande parte do seu tempo ao tratamento de questões internacionais. Dois são os temas que têm abordado com mais insistência: o problema das alterações climáticas e a defesa do meio ambiente bem como o perigo de uma guerra nuclear, motivada pelo conflito pelo conflito israelo-iraniano.
Uma das razões que terá levado Fidel a convidar Jeffrey Goldberg a deslocar-se a Cuba foi o artigo, The point of no return, que este escreveu na já citada revista the Atlantic.
É um artigo de leitura indispensável para quem se interessa pelas questões de política internacional. De facto, o “impossível” pode acontecer. O que muito dificilmente poderia ter acontecido durante a Guerra Fria, salvo porventura no primeiro mandato de Reagan, tem agora uma grande probabilidade de se verificar.
O mundo, todo ele, está mais religioso. E, por isso, muito mais perigoso. A religião é avessa a compromissos. Bem-aventurados aqueles que dedicaram as suas vidas à luta contra as religiões…mesmo com exageros!

1 comentário:

ahp disse...

Excelente post e interessantíssimas declarações de Fidel. Não me permitindo os meus parcos dotes informáticos fazer melhor (links, etc.)permiti-me transcrever parte do artigo no blog "ponteeuropa.blogspot.com", em que colaboro.
Um abraço
Horta Pinto