domingo, 7 de novembro de 2010

O PAPA EM ESPANHA COMO CRUZADO

http://4.bp.blogspot.com/_L-aIG-7AW7I/SKBTFD-NAII/AAAAAAAABdo/BbvH6bb4k5g/s400/Simao+de+Montfort,+conde+de+Leicester,+reconstituicao+moderna.+As+Cruzadas.jpg


UM PAPA MEDIEVAL


Não vale a pena perder muito mais tempo a escrever sobre Ratzinger. Já em muitos outros posts se disse o essencial.A sua recente viagem a Espanha, a Santiago de Compostela e a Barcelona, confirma que Ratzinger é um Papa para quem a Reforma e o Iluminismo não existiram. É um Papa medieval. Como tal, foi a Espanha em cruzada. Tal como Bin Laden também ele não aceita a infidelidade ao seu Deus. Daí que seja de esperar a Contra-Reforma e a Inquisição. Quem sabe , aliado ao Tea Party...

5 comentários:

horta pinto disse...

Aqui vai um post sobre o mesmo assunto que publiquei no blog em que colaboro (www.ponteeuropa.blogspot.com)

Sábado, Novembro 06, 2010
Intolerável ingerência de um Chefe de Estado nos assuntos internos de outro Estado
Pudemos ver hoje na TV uma coisa absolutamente insólita, contrária aos princípios gerais de direito internacional e inadmissivilmente violadora dos costumes e praxes das relações entre Estados: o Chefe de Estado do Vaticano, de visita a Espanha, criticou asperamente várias leis vigentes no Estado anfitrião, designadamente as relativas ao aborto e ao casamento entre pessoas do mesmo sexo.

É um comportamento absolutamente indigno e intolerável. Suponhamos que o Presidente da República chinesa, actualmente de visita a Portugal, se punha a criticar a liberdade de imprensa e de associação no nosso País: tal não é sequer imaginável.

Perante tal comportamento, impõe-se, no mínimo, que o Ministro dos Negócios Estrangeiros espanhol chame o embaixador do Vaticano e faça um protesto formal. Em última análise, deveria o Chefe de Estado do Vaticano ser declarado persona non grata e expulso de Espanha.

posted by ahp @ 10:14 PM 2 comments

JMCPinto disse...

Concordo. Cem por cento de acordo!

JVC disse...

Zé, hoje desiludiste-me! :-) Gastares nem que seja um minuto a escrever sobre o bento papa? Quantos fervorosos papistas julgas que contas entre os leitores do Politeia?

Jorge Almeida disse...

Havia de ser giro uma aliança entre um Papa medieval e o pessoal do Tea Party.

É que seria uma aliança entre um católico ao estilo anterior a Lutero, e um movimento de gente que afirma, entre outras coisas, as suas raízes profundamente protestantes.

Acho que seria uma aliança religiosamente e ideologicamente confusa ...

Santiago disse...

Nunca tinha lido uma coisa tão estúpida.