segunda-feira, 21 de setembro de 2009

O QUE ESTÁ EM CAUSA DEPOIS DE "ESMIUÇADO O EPISÓDIO DAS ESCUTAS"


NENHUMA TENTATIVA DE BRANQUEAMENTO SALVA O PR

Não está em causa, pelo menos do meu ponto de vista, o apoio de Cavaco a Manuela Ferreira Leite e ao PSD. Este apoio era esperado e é legítimo. Cavaco foi presidente do Partido durante mais de 10 anos, Ferreira Leite fez parte dos seus governos como Secretária de Estado e Ministra, além haver entre ambos especiais relações de amizade. Cavaco é um conservador, com posições claramente reaccionárias sobre muitos assuntos. É um homem de direita, autoritário, formado no salazarismo, com manifesta dificuldade de integração no espírito da vivência democrática. A vida democrática pressupõe a diferença e a divergência, até mesmo o antagonismo, e apela frequentemente à necessidade de compromisso. Tudo qualidades e comportamentos que Cavaco não tem, nem pratica. Cavaco é, portanto, muito semelhante a MF Leite, porventura com outra capacidade política. Nada mais natural que a apoie.
O que está em causa, portanto, não é o apoio a MFL, que até seria democraticamente muito saudável, se fosse ostensivo e claro, embora sem participação na campanha, como a dignidade da função exige. O que está em causa é a hipocrisia da falsa equidistância, o que está em causa é jogo rasteiro da baixa política, o que está em causa é o silêncio cúmplice e a insinuação equívoca de quem atira a pedra e esconde a mão. O que está em causa, numa palavra, é a substituição do actual Presidente da República, findo este mandato, por um homem ou mulher respeitado e respeitador dos valores democráticos, que possa congregar os votos de toda a esquerda.
De facto o recente episódio das “escutas” baseadas na tonta história de um assessor que participou numa comitiva do PR demonstra até onde se pode ir tanto no “jornalismo de referência” como na famosa política de “verdade, dos valores e dos princípios”. Nenhuma tentativa de branqueamento salva a actuação do Presidente da República. Bem pode Marcelo Rebelo de Sousa, defensiva ou perfidamente, falar em “equívoco” que ninguém de bom senso o levará a sério. Aliás, conhecida que é a sua agilidade intelectual e a sibilina maneira de gerar no espectador a reacção contrária à que aparentemente decorre das suas palavras, bem se pode entender que, com a sua intervenção de ontem na RTP, MRS teve mais em vista ajudar a afundar Cavaco do que a salvá-lo, porventura vislumbrando no afundamento de Cavaco uma oportunidade de, finalmente, se candidatar com êxito a Presidente da República.
Seja assim ou não, o que fica claro da concorridíssima participação dos portugueses no comentário a esta situação é que aos seus autores saiu a tiro pela culatra, estando, assim, criadas as condições para se pensar muito rápida e seriamente na eleição do próximo Presidente da República!

1 comentário:

T.Mike disse...

Para Vosso conecimento,

“O Francisco Clamote do “Terra dos Espantos” teve a simpatia de distinguir este blog com o selo

“Vale a pena ficar com olho neste blog !

Considero estas designações, sempre, como um incentivo, o que agradeço.

De igual modo, é com gosto que me cabe indicar 10 blogues a quem eu atribua o mesmo prémio.

Assim, e tentando não repetir, mas não deixando de indicar quem para mim é de importante leitura:

A Nossa Candeia

A escada de Penrose

Aspirina B

AyapaExpress

Câmara Corporativa

Cronicas do Rochedo

O Jumento

Os tempos que correm

Politeia

Vox Pop”